segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

O QUE É MACROECONOMIA?


Carlos Escóssia

A macroeconomia, também conhecida como teoria da renda, trata a economia como um todo. Preocupa-se com a obtenção ou criação das riquezas econômicas (rendas) e suas respectivas repartição ou distribuição. Em outras palavras, poderíamos definir macroeconomia, como o estudo dos fenônmenos que englobam toda a economia.

A macroeconomia, estuda: a teoria dos agregados e a teoria geral do equilíbrio e desenvolvimento, que por sua vez, estuda as teorias da moeda, das finanças públicas, das relações internacionais e do desenvolvimento.

Um macroeconomista, pode estudar: os efeitos dos empréstimos feito pelo governo federal; as mudanças da taxa de desemprego ao longo do tempo; políticas alternativas para promover a elevação do padrão de vida da população.

Os objetivos de políticas macroeconômicas são: alto nível de emprego, estabilidade de preços, distribuição de renda socialmente justa e desenvolvimento econômico.

A macroeconomia e a microeconomia estão intimamente ligadas e como as mudanças na economia resultam das decisões de milhares de pessoas, é impossível entender os desdobramentos macroeconômicos sem considerar as decisões microeconômicas a elas associadas.

Exemplo, um macroeconomista pode estudar os efeitos de um corte no imposto de renda sobre a produção geral de bens e serviços. Para analisar essa questão, ele precisa levar em consideração a maneira pela qual o corte do imposto afeta as decisões das famílias sobre quanto gastar em bens e serviços.

15 comentários :

Augusto Miranda disse...

Texto rápido e de fácil assimilação.

Augusto Miranda disse...

Texto rápido e de fácil assimilação.

Augusto Miranda disse...

Texto rápido e de fácil assimilação.

Ninho Lima disse...

TUDO O QUE EU QUERIA ENTENDER SOBRE MACROECONOMIA EU APRENDIR LENDO ESSE ARTIGO EU, GOSTEI MUITO DESSE TEXTO SOBRE MACRO ECONOMIA POR ISSO QUERO MAIS VEZES LER O SEU BLOG E CADA VEZ MAIS TENHO CERTEZA QUE IREI GOSTAR.........SERGIO LIMA BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS.

Anônimo disse...

Muito bom. Parabéns pelo blog. Sou professor de ensino fundamental e sempre aprendo aqui coisas sobre economia para usar em sala de aula

TUKABEATS@HOTMAIL.COM disse...

Adorei.Muito bom

TUKABEATS@HOTMAIL.COM disse...

Adorei.Muito bom

Julliana Martins disse...

Olá! Estudei isso durante um semestre inteiro e até li o Mankiw, mas foi só com esse blog que eu pude compreender.

Muito obrigada!

Rafae Duarte disse...

Interessante artigo, gostei

Sydney Castro disse...

Bom ,seu artigo, dirimiu muitas duvidas pelo que li nos outros comentarios , nao podemos chegar ao pai sem antes passar por mim. , entendemos a Macro mas sempre atingiremos a Micro
Parabens
Sydney. Recife pe
Financista epge fgv

Sydney Castro disse...

Bom, sucinto e inteligivel, Nao ppdemos chegar ao Pai sem antes passar por mim, o estudo da Macro sempre tera o nucleo preservado (familias) Micro

Sydney
Financista epge fgv
Recife pe

VANESSA COSTADELLI disse...

Preciso e 2 exemplos de políticas macroeconômica brasileira

VANESSA COSTADELLI disse...

Adorei o blog!!!! Parabens sr Carlos!!!! Preciso de 2 exemplos de políticas macroeconômica brasileira?

VANESSA COSTADELLI disse...

Preciso e 2 exemplos de políticas macroeconômica brasileira

Carlos Escóssia disse...

Vanessa, um macroeconomista, pode estudar: Os efeitos dos empréstimos feito pelo governo federal; As mudanças da taxa de desemprego ao longo do tempo;Políticas alternativas para promover a elevação do padrão de vida dos brasileiros; O impacto da competição estrangeira sobre o setor industrial brasileiro.
Forte e fraterno abraço