sexta-feira, 2 de outubro de 2015

CONSUNI APROVA POR UNANIMIDADE

 CRIAÇÃO DA ASSESSORIA DE 

COMUNICAÇÃO DA UFERSA


A sétima reunião ordinária do Conselho Universitário da Ufersa aprovou por unanimidade a criação da Assessoria de Comunicação da Instituição. A minuta do Regimento foi encaminhada à Reitoria por reivindicação da Pauta Interna do Sindicato Estadual dos Trabalhadores em Educação do Ensino Superior – SINTEST/RN e passará a ter validade já no ato da publicação.

Acompanhe AQUI as decisões dos Órgão Colegiados da Ufersa

Tendo em vista a atual estrutura da Ufersa, o setor de Comunicação será um órgão complementar vinculado à Reitoria com a finalidade de planejar e executar as políticas e diretrizes de comunicação da Universidade, tanto para atender a comunidade acadêmica – docentes, técnicos e estudantes – como também as demandas da comunidade externa.

A Ufersa já disponha de uma estrutura com servidores voltados para atividades em Comunicação, mas a institucionalização do setor se dá somente agora. “A criação deste setor significa que Comunicação passa a existir dentro da estrutura da Ufersa não apenas de fato, nas atividades do cotidiano, mas também nos seus mecanismos institucionais. Com isso, agora, sim, a gente pode amadurecer um processo de Políticas para promover a comunicação institucional e científica da Universidade”, defende o jornalista Higo Lima.

A minuta que cria a Assessoria de Comunicação é resultado de um processo de diálogo que começou há mais de dois anos. “O nosso regimento se espelhou nas estruturas mais exitosas de outras Universidades, nos documentos regulatórios de Comunicação e também expomos em Fóruns e encontros a fim de criar uma estrutura que possa atender as demandas com o perfil da Ufersa: uma universidade que, embora nova, tem uma longa trajetória”, explica Amanda Freitas, servidora que já responde pelo planejamento visual da Ufersa.

Atualmente, a Comunicação da Ufersa já produz o conteúdo que alimenta o Portal Ufersa, as Redes Sociais, a Identidade Visual, atendimento à imprensa, comunicação interna, a Folha Ufersa, a coluna Ufersa em Foco e projetos especiais como o documentário “40 Horas na Memória: resgate da experiência dos alunos de Paulo Freire”. A estrutura aprovada no Órgão Colegiado prevê um trabalho integrado para multiplataformas a partir da Divisão de Assessoria de Imprensa e Editoração; Divisão de Comunicação Aberta, responsável pelos produtos para à Rede e suportes digitais; Divisão de Comunicação Institucional e Projeto Gráfico e a Divisão de Apoio Técnico, que acomodará os servidores para fotografia e audiovisual.


O jornalista Passos Júnior foi o primeiro servidor efetivado para desempenhar atividades em Comunicação na Ufersa. “Acredito que a criação da Assecom é um passo importante para o crescimento da comunicação institucional, além de representar a conquista de uma luta de mais de cinco anos quando a Universidade realizou o primeiro concurso público para jornalista. Antes, posso dizer que existíamos sem Registro de Nascimento, que só obtivemos agora após 10 anos de transformação da Esam em Ufersa. Creio que a partir desse regimento a Assessoria de Comunicação poderá se estruturar e prestar um melhor serviço não apenas a comunidade universitária, mas também a toda sociedade”.

De acordo com relatório apresentado durante o 9º Encontro de Assessorias de Comunicação das Universidades Federais, promovido pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior – Andifes, na Federal do Oeste do Pará – UFOPA, 70% das instituições de Ensino Federal possuem ou já estão elaborando suas Políticas de Comunicação, um caminho inevitável que, agora, deverá ser seguido pela Ufersa.


Fonte: Assessoria de Comunicação da UFERSA 

Nenhum comentário :