terça-feira, 6 de outubro de 2015

BANCÁRIOS INICIAM GREVE HOJE


Hoje, bancários de todo o Rio Grande do Norte iniciam paralisação de serviços nos bancos. A greve foi anunciada na semana passada após reunião dos trabalhadores, que pleiteiam aumento salarial de 16%. De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários de Mossoró e Região, Anchieta Medeiros, em Mossoró, são 350 bancários, mas o balanço da adesão ao movimento grevista só poderá ser feito ao fim do dia de hoje.
 
"Até o momento, não nos foi encaminhada nenhuma proposta decente. Enquanto os bancos obtiveram lucro recorde, eles propõem um reajuste salarial de 5,5% aos trabalhadores, o que não é suficiente nem para repor a inflação. A greve é dos bancários, tanto dos bancos públicos quanto privados, mas só será feito o balanço da adesão nesta terça-feira", disse Anchieta Medeiros.
 
Os bancários reivindicam também bônus de Participação nos Lucros e Resultado (PLR) dos bancos no valor de três salários mais R$ 7.246,82, além da concessão de vales alimentação e refeição, 13ª cesta básica e auxílio-creche/babá de R$ 788. Outras pautas são o pagamento para graduação e pós e melhorias nas condições de trabalho e de segurança.
 
Em contrapartida, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) propõe reajuste salarial de 5,5%, pagamento de PLR de 90% do salário mais R$ 1.939,08 com limite de R$ 10.402,22. A Federação também oferece auxílio-refeição de R$ 27,43, auxílio-cesta alimentação, 13ª cesta básica no valor de R$ 454,87, e, auxílio-creche/babá de R$ 323,84 a R$ 378,56.
 
Com a notícia de que as agências não abririam para atendimento ao público hoje, os bancos ficaram ainda mais lotados de clientes. Este período costuma ser de maior movimentação devido ao pagamento de benefícios sociais e aposentadorias.
 
Além do Rio Grande do Norte, bancários dos estados de São Paulo, Pernambuco, Ceará, Pará, Piauí, Alagoas, Amapá e Acre também declararam greve na semana passada.

Clientes podem recorrer a 
canais de atendimento alternativo

Enquanto os bancários e os bancos negociam o acordo pelo fim da paralisação, clientes são orientados pela Febraban a utilizarem canais alternativos de atendimento como caixas eletrônicos disponíveis nas agências bancárias e estabelecimentos credenciados como supermercados e farmácias. Nestes aparelhos é possível realizar pagamentos, transferências, saques e consultas ao saldo e extrato.
 
Hoje, as agências oferecem também o serviço de Mobile banking através de aplicativos próprios para celular ou tablet ou ainda do site do banco na internet pelo Internet Banking. Outro serviço que não será afetado com a greve dos bancários é o atendimento nas centrais de atendimento dos bancos, através das quais os clientes podem consultar saldo e fatura de cartões de crédito, pagar contas, impostos e taxas.
 
Nos próximos dias, a tendência é de que correspondentes bancários como casas lotéricas e Correios recebam maior volume de clientes. No entanto, estes locais costumam trabalhar com limites de movimentação inferiores aos bancos, o que exige maior atenção do consumidor.

Fonte: O Mossoroense 

Nenhum comentário :