segunda-feira, 6 de abril de 2015

ERALDO PAIVA É O SEGUNDO 

POLÍTICO DO PT DO RN LIGADO 

ÀS DENÚNCIAS DO LAVA JATO


Mais um nome do Partido dos Trabalhadores é ligado às denuncias da Operação Lava jato. O Presidente Estadual do PT/RN, Eraldo Paiva rebateu,através de um comunicado, rebateu as acusações sobre seu suposto envolvimento no esquema de propina paga por construtoras.
Documento teria sido publicado pelo TSE
Documento teria sido publicado pelo TSE
A noticia tem repercutido intensamente em blogs como o do blogueiro Robson Pires e em redes sociais nos últimos dias.

Segundo a denúncia, em agosto passado, Eraldo Paiva recebeu a doação de R$ 95 mil da Construtora Queiroz Galvão S.A  uma das investigadas na operação Lava Jato. O dinheiro não teria entrado na conta do PT, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com o tribunal, Eraldo estaria em situação de “incompatibilidade entre o valor total doado pelo doador originário e aquele transferido para outros prestadores de contas; ausência de registro pelo beneficiário de doações indiretas recebidas de outros prestadores de contas; ausência de documentação que comprovasse a aplicação de recursos”.

O O depósito foi realizado no dia 28 de agosto de 2014.

Eraldo é o segundo político do PT potiguar investigado na Operação Lava Jato.

Fátima Bezerra

No início de março duas empreiteiras acusadas de pagamentos de propina e que repassaram dinheiro para o Partido dos Trabalhadores na eleição de 2014 e colaboraram para o financiamento eleitoral da campanha da senadora Fátima Bezerra.

A Andrade Gutierrez e Engevix Engenharia repassaram R$ 475 mil e R$ 50 mil ao comando nacional do PT, que redistribuiu o dinheiro à campanha de Fátima em 15 de setembro e 8 de agosto, respectivamente. Os valores foram declarados à Justiça Eleitoral sendo, portanto, legais. Em novembro do ano passado, executivos das duas empresas foram presos após a suspeita de que participaram de um esquema que desviou recursos na Petrobras.

Leia a nota de Eraldo Paiva em resposta
 ao blogueiro Robson Pires:

No início de março duas empreiteiras acusadas de pagamentos de propina e que repassaram, dinheiro para o Partido dos Trabalhadores na eleição de 2014 e colaboraram para o financiamento eleitoral da campanha da senadora Fátima Bezerra.

Em relação a serie de publicações no blogue de Robson Pires, o presidente do PT/RN, vereador Eraldo Paiva, encaminhou a seguinte nota de esclarecimento sobre suposto envolvimento com doações irregulares de campanha:

1. Não estou sendo investigado pela Operação Lava Jato.

2. O documento a que o blogueiro se refere, nada tem a ver com a referida investigação criminal que tramita no STF (Supremo Tribunal Federal). O documento em questão é um relatório técnico do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sobre a prestação de contas da campanha de 2014, do Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores.

3. Todas as doações de campanha que recebi para minha candidatura a deputado federal em 2014 foram feitas de forma legal transparente, devidamente declarada e registrada em minha prestação de contas à justiça eleitoral, estando disponíveis a quem queira acessá-las.

Fonte: Portal no Ar 

Nenhum comentário :