quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

OFERTA DE ÁGUA É DISCUTIDA 

PELO CONSELHO RURAL


Perfuração de poços, pagamento do Seguro Safra e a otimização na utilização dos recursos hídricos foram as pautas discutidas na primeira reunião ordinária do Conselho Municipal Rural Sustentável e Solidário. O fórum foi realizado na manhã dessa quarta-feira, 14, na sede da Secretaria Municipal de Agricultura e dos Recursos Hídricos (SEMARH).  

A principal bandeira de trabalho para o ano de 2015 é o fortalecimento dos bens hídricos, segundo orientação do Chefe do Poder Municipal, Francisco José Júnior, que pretende construir dezenas de poços de água para assegurar qualidade de vida ao homem do campo. Para o secretário municipal da Semarh e atual presidente do Conselho, Rondinelli Carlos, a gestão traz à tona temas como segurança pública, saúde, educação e agricultura, temas pertinentes à população rural.

“A oferta de uma água de qualidade e em abundância, que abasteça satisfatoriamente as residências e os campos produtivos, é o guia norteador do nosso trabalho. Estamos há quase quatro anos de uma seca severa e as últimas chuvas que caíram no nosso Município acenderam a chama da esperança para um bom inverno”, relata Rondinelli Carlos.

Em uma parceria público-privada, Mossoró irá receber até o fim do ano cerca de 15 poços, distribuídos em comunidades baseados nos critérios de necessidade e quantidade de moradores. A decisão das localidades onde serão construídos os poços foi definida em reunião do Conselho Municipal Sustentável e Solidário, que conta com a participação de representantes das comunidades rurais e de órgãos como o Instituto de Assistência Técnina e Extensão Rural (EMATER/RN), Defesa Civil, Sindicato da Lavoura de Mossoró, Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) e entidades religiosas.

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMM 
Por Danilo Moisés - Foto: Raul Pereira

Nenhum comentário :